TEORIA DAS VANTAGENS COMPARATIVAS: TRABALHO APRESENTADO NO CURSO DE GRADUAÇÃO DE FUNDAMENTOS DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS NA FACULDADE E COLÉGIO ESIC BUSINESS & MARKETING

Publicado 2024-05-20

  • Diéli Teixeira
  • ,
  • Lucas Silveira
  • ,
  • Manoella Marques
  • ,
  • Gabriel Isquierdo Zuravski
  • ,
  • Pedro Martins
  • ,
  • Luka Amaral
  • ,
  • Aniele Fischer Brand


PDF

Palavras-chave: teoria, vantagens comparativas, David Ricardo

Resumo

A teoria das vantagens comparativas de David Ricardo argumenta a favor do comércio externo como benéfico para todos os países, incentivando a especialização produtiva e aumentando a disponibilidade de bens a preços mais baixos. Ricardo defendia o liberalismo no comércio internacional, afirmando que as transações entre países eram vantajosas, mesmo que um país fosse mais produtivo que outro em todas as mercadorias. A teoria das vantagens comparativas continua a ser relevante na economia contemporânea, sustentando o livre comércio e a especialização. A aplicação da teoria da vantagem comparativa, busca explicar diferenças de produção entre indivíduos, países ou empresários. Enquanto a vantagem absoluta considera o custo absoluto de produção, a vantagem comparativa analisa o custo de oportunidade, privilegiando a especialização em setores mais eficientes. Defensor da teoria, David Ricardo, foi um influente economista britânico e defensor do liberalismo econômico. O conceito foi apresentado em seu livro "Princípios de Economia Política e Tributação" (1817). Além de suas contribuições teóricas, Ricardo teve uma breve carreira política como deputado na Câmara dos Comuns, antes de falecer em 1823 devido a uma infecção cerebral. Seu legado é significativo nas ciências sociais e na história do pensamento econômico.


Referências

  1. A TEORIA DO COMÉRCIO INTERNACIONAL (PDF). Consultado em 24 de julho de 2014. Arquivado do original (PDF) em 13 de maio de 2013.
  2. ESCOLA, Brasil. "David Ricardo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/david-ricardo.htm. Acesso em 15 de abril de 2024.
  3. MANKIW, N. Gregory. PRINCÍPIOS DE MACROECONOMIA, Tradução da 3° edição Norte-Americana, 2014.
  4. REIS, Tiago. Suno - Investimentos Inteligentes. 28 de abril de 2019. Disponível em: https://www.suno.com.br/artigos/vantagem-comparativa/#:~:text=A%20vantagem%20comparativa%20busca%20explicar,oportunidade%20de%20um%20mesmo%20bem / Acessado dia 14 de abril de 2024.
  5. RICARDO, David. OS ECONOMISTAS (Princípios de economia política e tributação) / Tradução de Paulo Henrique Ribeiro Sandroni - On the Principles of Political Economy and Taxation. São Paulo: Abril Cultural, 1982.
  6. WIKIPÉDIA Vantagem comparativa, 18 de abril de 2022. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Vantagem_comparativa.
  7. WIKIPÉDIA, DAVID RICARDO, Fevereiro 2016, Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/David_Ricardo. Acesso em 15 de abril de 2024.
  8. WIKIPÉDIA. Portrait_of_David_Ricardo_by_Thomas_Phillips Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/David_Ricardo#/media/Ficheiro:Portrait_of_David_Ricardo_by_Thomas_Phillips.jpg

Como Citar

Teixeira, D., Silveira, L., Marques, M., Zuravski, G. I., Martins, P., Amaral, L., & Brand, A. F. (2024). TEORIA DAS VANTAGENS COMPARATIVAS: TRABALHO APRESENTADO NO CURSO DE GRADUAÇÃO DE FUNDAMENTOS DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS NA FACULDADE E COLÉGIO ESIC BUSINESS & MARKETING. Journal of Media Critiques, 10(25), e29. https://doi.org/10.17349/jmcv10n25-002

Baixar Citação

Palavras-chave

MAIS LIDOS DA SEMANA

Edição Atual